RSS
Este blog foi criado essencialmente criado para contar os episódios desta fase da minha vida. Tenho tantos familiares e amigos a quererem saber como descobri que estava doente e como estou no momento presente, que decidi contar tudo aqui, neste espaço, etapa por etapa, dia a dia.

Dias seguintes - 14 e 15 de Abril

Afazeres muitos, em vésperas de começar a trabalhar, tenho procurado dar um passeio todas as manhãs, porque estou há muito sem fazer exercício físico, e tenho andado cerca de 40 minutos por dia. A pele continua a recuperar lindamente, com 3 aplicações de Biafine diárias. Para além disto, é a habitual rotina, levar os miúdos à escola, assuntos administrativos para resolver através do computador, ir ao correio, compras, etc. Um dia destes fui mostrar o meu look à minha cabeleireira, que gostou, também acha que me fica muito bem o cabelo assim curto. Quinta-feira, fui dar uma volta ao centro histórico, estou cada vez mais fã da zona do Chiado. Cada vez que lá vou encontro sempre lojas novas.

5 comentários:

gv disse...

isabel não sei como aqui vim parar mas a verdade é que vim e parei, para a escutar, e gostei do que ouvi. de tudo o que li e me apetece continuar a ler. uma pessoa que soube aproveitar a experiência tão "radical" que se lhe apresentou na vida, torna-se, quer queira quer não, numa professora de vida. se já admirava as suas qualidades humanas e profissionais - a sua seriedade e rigor - agora passo a admirá-la também, e de que maneira, como mulher, o único grau feminino que não se herda nem se adquire por antiguidade.
um abraço forte.

Isabel Carvalho disse...

quem é julgo que sei mas não tenho a certeza

Isabel Carvalho disse...

amiga já sei quem é fui ver ao perfil do facebook, obrigada pelo seu comentário divulgue o meu blog da forma como quiser se achar que vale a pena, sobretudo se for para ajudar os que sofrem da mesma doença

Alexandra Alves Luis disse...

Olá Isabel,

regressei das minhas aventuras pela América Central e retomei as minhas actividades no Museu do Oriente esperando encontrar-te mas a Isabel explicou-me que te poderia encontrar aqui e que regressarás ao museu em breve.

Quero muito encontrar-te para te dar um grande Beijo entretanto vou seguir-te aqui no Blog. Beijos grandes, Xana

Isabel Carvalho disse...

olá Xana, não sabia que vias o meu blog um beijo grande a partir do dia 29 aí estou eu

gv disse...

isabel não sei como aqui vim parar mas a verdade é que vim e parei, para a escutar, e gostei do que ouvi. de tudo o que li e me apetece continuar a ler. uma pessoa que soube aproveitar a experiência tão "radical" que se lhe apresentou na vida, torna-se, quer queira quer não, numa professora de vida. se já admirava as suas qualidades humanas e profissionais - a sua seriedade e rigor - agora passo a admirá-la também, e de que maneira, como mulher, o único grau feminino que não se herda nem se adquire por antiguidade.
um abraço forte.

Isabel Carvalho disse...

quem é julgo que sei mas não tenho a certeza

Isabel Carvalho disse...

amiga já sei quem é fui ver ao perfil do facebook, obrigada pelo seu comentário divulgue o meu blog da forma como quiser se achar que vale a pena, sobretudo se for para ajudar os que sofrem da mesma doença

Alexandra Alves Luis disse...

Olá Isabel,

regressei das minhas aventuras pela América Central e retomei as minhas actividades no Museu do Oriente esperando encontrar-te mas a Isabel explicou-me que te poderia encontrar aqui e que regressarás ao museu em breve.

Quero muito encontrar-te para te dar um grande Beijo entretanto vou seguir-te aqui no Blog. Beijos grandes, Xana

Isabel Carvalho disse...

olá Xana, não sabia que vias o meu blog um beijo grande a partir do dia 29 aí estou eu